Quarta-feira, 8 de Julho de 2009

Nova História da Diana Margarido

Olá...

Tal como prometido, histórias novinhas em folha!

Esta é da Diana Margarido de 15 anos, ela adora escrever e enviou-me este excerto porque para ela é muito importante a crítica das pessoas, por isso, não deixem de comentar... Esperemos que gostem!

 

 

 

Outra noite sem dormir, começava a tornar-se uma rotina, o meu ritmo cardíaco estava mais acelerado do que o normal, permanecera assim desde terça-feira, dia em que acabaram as aulas, a ultima vez que o vi.

A noite passada, a primeira esta semana consegui finalmente dormir, sem sonhar é certo mas descansei creio eu pois ainda sentia o corpo cansado e os olhos pesados, talvez o banho quente e o leite morno tenham surtido algum efeito. Não me lembro de quantas horas dormi esta semana, poucas, é tudo que me recordo.

O som ampliado do meu coração no colchão tornava o silêncio do meu quarto ainda mais monótono, esse facto irritava-me. Peguei no mp4 que estava na mesinha de cabeceira ao meu lado, não possuía a carga completa mas deveria chegar. Liguei-o impaciente e coloquei na faixa 95 (Carter Burwell-the score) uma música constituída apenas pela bela melodia do piano, distinguem-se dois sons, um tocado nas notas mais graves e que eu tendia a prestar atenção, era mórbido e repetitivo, soava tal qual a banda sonora dum filme de terror, sabia-a de cor, o outro som mais agudo, irregular e que fazia o meu coração acelerar, tentei exclui-lo totalmente da peça, ainda me deixava mais agitada.

Desde terça-feira que me sinto vazia no sentido total da palavra, ele trazia luz á minha vida, ele era e é a minha vida mas agora que está longe tudo me parece tão simples, tão normal, nunca me vira neste estado antes, a minha sanidade mental (que já era pouca) encontrava-se agora em estado critico, perdida devia ser o termo mais adequado.

Sinto-me perdida, não sei para onde me virar o tempo é tão escasso, tudo é tão vago, limitado, repleto de fronteiras e termos, não seria mais fácil fazer simplesmente aquilo que nos torna realmente felizes sem pensar no amanha, aproveitar o que a vida nos dá, esquecer o destino.

 

 

Continua...

 

 

publicado por Diana às 12:52

link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Alice a 8 de Julho de 2009 às 15:06
eu gosto... não conta muito sobre o que é mas deixa escapar que tem uma história de amor envolvida

: D

Força!
De jasper a 8 de Julho de 2009 às 18:36
olhem este é o primeiro capitulo?
De Diana Margarido a 9 de Julho de 2009 às 11:18
Sim "Jasper" este ainda é o primeiro capitulo, o segundo deve ser postado brevemente (espero eu) e o terceiro vêm a caminho...
beijinho
De Rita a 8 de Julho de 2009 às 19:52
Tens imenso jeito para escrever... está muito bem.
Gostei imenso, espero que continues a história! Não desistas!
: )
De Su_Cullen a 8 de Julho de 2009 às 19:55
Muito sinceramente a história está muito boa mas concordo com o comentário da alice. Acho que quem escreveu este textinho tem muito jeito são poucas as pessoas que conseguem fazer coisas bonitas com frases saber fazer um bom texto é um dom. Por isso o que tenho a dizer continua que estas num bom caminho e quem sabe se quem fez o este textinho não tera um futuro promissor se gostar muito da escrita quem sabe não será ainda mais famosa que a a famosa escrita da saga mais maravilhosa empolgante, etc "Twilight" *.*

Beijinho
De Priscila a 9 de Julho de 2009 às 01:59
Boa noite, são neste momento 1h51 da manhã, hora bastante apropriada para comentar um blog xD

Passando ao que interessa xD Tou a ver que os posts recomeçaram com histórias novas e já em força, o que é sempre bom =) Bem acho que este excerto nos dá apenas um " cheirinho" do que será a continuação da história e nos deixa sem dúvida em expectativa, pelo menos a mim deixou portanto espero ansiosamente pela continuação =)

*****
De Diana Margarido a 9 de Julho de 2009 às 11:25
Desde já tenho que agradecer há Diana, criadora deste blogue por ter uma iniciativa tão boa, vai abrir muitas portas para jovens escritores (que não é o meu caso)...
Muito obrigado a todos os leitores do meu pequeno texto, o que não passava de um mero rabisco feito por uma adolescente está a tornar-se numa verdadeira história de amor (hope so), este ainda é o primeiro capitulo, não revela muito é certo mas o segundo e o terceiro já estão a caminho.
obrigado do fundo do coração a todos.
beijinho
Diana Margarido/Dianne Cullen
De Raquel Costa a 10 de Julho de 2009 às 14:03
Boa tarde, estou a ver que esta menina tem futuro na escrita e fico muito feliz com isso apesar de a conhecer não lhe sabia esta faceta.
muitos parabens Diana gostei muito, continua que vais longe.
bjs
De Maria a 10 de Julho de 2009 às 22:27
Parabéns, está muito bom , adorei.
Tens muito talento e quem sabe um grande futuro na escrita.

Beijinhos,
Maria V.
De Kail a 13 de Julho de 2009 às 19:41
Hm.. Acho que está muito boa a história, mas está muito agarrada ao estilo Stephenie Meyer

Atenção a esse facto!

Mas bom trabalho, continue assim!
De RCullen a 13 de Julho de 2009 às 22:00
Parbens, Diana.
Tens imenso jeito espero que continues, tens um grande talento espero ver o segundo capitulo aqui em breve :D
Parabens ao site ,)
Beijinho*

Comentar post